Weby shortcut
Youtube

Guilherme de Oliveira

Teoria Unificada da Macroecológia e Delineamento de Áreas Prioritárias Para a Conservação no Cerrado

Guilherme de Oliveira

Resumo:
Sabe-se que o uso de dados de abundância de indivíduos para a determinação de reservas é preferível ao uso de dados de composição (presença e ausência) de espécies, pois estes refletem a provável persistência destas espécies. Padrões macroecológicos (de relação de tamanho corpóreo, ocorrência geográfica, com a abundância) podem auxiliar na obtenção de dados de abundância, partindo-se de generalizações de teorias unificadas (McGill & Collins, 2003). O grupo de mamíferos será utilizado como referência para obtenção de dados de abundância (de 138 espécies) dentro da área de abrangência do bioma Cerrado. Posteriormente dados referentes ao custo (em termos socioeconômicos) agregado à área do Cerrado serão utilizados para otimizar o nível de abundância dentro da área do Cerrado. E com a otimização dos dados de abundância, a seleção de áreas prioritárias para a conservação no Cerrado será executada com a utilização do software SITES v.1.0, com a finalidade de estabelecer um delineamento de áreas para a conservação baseado em dados de abundância de indivíduos.

<       Voltar       Proximo>>