Weby shortcut
Youtube

Teses de Doutorado

Updated at 07/24/19 06:24 .

 

2018

GUILHERME F. GOMES DESTRO (2018). Tráfico de Animais Silvestres: Da captura ao retorno à natureza (orientadora: Levi Carina Terribile).        

TATIANA SOUZA DO AMARAL (2018) Efeito da estrutura da paisagem na diversidade genética neutra e adaptativa de Caryocar brasiliense Camb. (Caryocaraceae) (orientadora: Rosane G. Collevatti).

FLAVIA DE FIGUEIREDO MACHADO (2018) Conservação e risco de extinção em Primatas (orientador: Daniel Brito).

JOSE HIDASI NETO (2018). Homogeneização taxonômica, filogenética e funcional de comunidades: causas, consequências e implicações para a conservação (orientador: Marcus V. Cianciaruso).

CRISTIELE BARBOSA VALENTE (2018). Perspectivas éticas, vieses taxonômicos e valor instrumental das espécies: uma análise histórica e conceitual em biologia da conservação(orientador: Mario Almeida-Neto).

LILIAN SALES PATRICIA SALES MACEDO (2018). Modelos de nicho ecológico e o efeito do clima na distribuição de espécies (orientador: Rafael Loyola).

LUCAS LACERDA ZANINI JARDIM (2018) Imputação filogenética: uma perspectiva macroecológica (orientador: José Alexandre F. Diniz Filho).

LUCIANO FABRIS SGARBI (2018) Determinantes da raridade das espécies e seus efeitos sobre a estrutura de comunidades biológicas (orientador: Adriano S. Melo).

DANIELLE KATHARINE PETSCH (2018). Homogeneização biótica em ambientes aquáticos continentais  (orientador: Adriano S. Melo).

FERNANDO DE MOURA RESENDE (2018). Planejamento para conservação de serviços ecossistêmicos no Cerrado (orientador: Rafael Loyola).

JAQUES EVERTON ZANON (2018) Sincronia espacial e interespecífica de microalgas em ambientes aquáticos (orientador: Luis Mauricio Bini).

 

2017

DANIEL AUGUSTA ZACARIAS (2017). Desafios para conservação de elefantes na África (orientador: Rafael D. Loyola).

DANIRA LETICIA PADILHA (2017). Revisando a importância das árvores nativas da Mata Atlântica (orientador: Paulo de Marco Jr).

JESUS NAZARENO PINTO LEDEZMA (2017). A origem e a estruturação das assembleias de abes da infraordem Furnariidae ao longo do tempo e do espaço: o papel dos processos historicos (orientador: José Alexandre F. Diniz-Filho/Fabricio Villalobos).

MARIANA CRISTINA GOMES BATISTA (2017). Padrões filogenéticos dos vertebrados terrestres: implicações para conservação (orientador: Thiago F. Rangel).

LEONARDO LIMA BERGAMINI (2017). Conservação filogenética de interações em redes antagonistas bipartidas     (orientador: Mario Almeida-Neto).

JOAO FABRICIO MOTA RODRIGUES (2017). Ecologia geografia e evolução de quelônios continentais (orientador: José Alexandre F Diniz-Filho).

FERNANDO LANDA SOBRAL (2017). Padrões e processos de organização de assembleias de aves insulares (orientador: Marcus V Cianciaruso).

LEANDRO MARACAHIPES DOS SANTOS (2017). Estratégias ecológicas de plantas em florestas estacionais e savanas do cerrado (orientador: Mario Almeida-Neto).

DAVI MELLO CUNHA CRESCENTE ALVES (2017). Padrões geográficos e temporais na riqueza de espécies de quirópteros: mecanismos ecológico-evolutivos e incertezas  (orientador: José Alexandre F. Diniz-Filho/Fabricio Villalobos).

FRANCIELE PARREIRA PEIXOTO (2017). Determinantes ecológicos, evolutivos e histórico-biogeográficos dos padrões de diversidade de mamíferos terrestres em diferentes escalas (orientador: Marcus V. Cianciaruso).

CAROLINA MORENO DOS SANTOS (2017). Importância de processos determinísticos e estocásticos sobre padrões de diversidade taxonômica, funcional e filogenética de mariposas Arctiinae (orientadora: Viviane Ferro).

PAULO VITOR DOS SANTOS BERNARDO (2017). A influência das características da matriz em paisagens fragmentadas sobre a comunidade de aves no Cerrado (orientador: Paulo de Marco Jr).

 

Teses anteriores a 2017